Uma boa alimentação é sintoma de uma boa visão.

CBO divulga Lista de Aptos da Prova Nacional de Oftalmologia 2017 – Veja como Consultar
27 de Janeiro de 2017
Palestra Apresentação da Equipe Jurídica
6 de Fevereiro de 2017

Uma boa alimentação é sintoma de uma boa visão.

Em uma sociedade sobre constantes mudanças de hábitos e costumes, nos deparamos com a onda do “Corpo Perfeito”, onde a população se dispõe a entrar em academias, praticar esportes físicos e até mesmo manter uma alimentação balanceada de acordo com o objetivo. Entretanto, um aumento contínuo dessa mesma população, se dá àquelas pessoas que não só se preocupam com a aparência física, como também com a saúde.

Um fator de importante influência são as diárias notícias do quanto uma alimentação saudável e a prática de algum exercício podem evitar algumas doenças ou até mesmo fazerem parte do tratamento de muitas.  É ai que entra a questão: como uma alimentação saudável interfere na qualidade da visão?

É do conhecimento de todos que com o passar do tempo, o metabolismo sofre perca de capacitação na regeneração de células, o que leva a ser um fator de influência na qualidade da visão. Uma alimentação adequada é um requisito de suma importância quando se diz respeito a DMRI (Degeneração Macular Relacionada à Idade) doença relacionada a deterioração da visão por conta do envelhecimento. Contudo, há alimentos que poderão ser introduzidos nas rotinas diárias, que ajudará na fase de retardamento dessa doença, dos quais destacam-se alimentos que possuam carotenóides como luteína e zeaxantina, ômega-3 e zinco, dentre eles temos os vegetais de folhas verdes, salmão, atum, qualquer tipo de ovo, milho, kiwi, abóboras, uvas vermelhas, pimentão verde ou amarelo, entre diversos outros que possuam esses componentes.

Esses alimentos são responsáveis não só para uma boa saúde ocular, mas também para a saúde em um todo.

 

Fonte: https://www.acuvue.com.br/

 

Deixe uma resposta