O Hospital Oftalmológico de Anápolis busca sempre priorizar o bem-estar de todos e garantir um atendimento de excelência e qualidade. Seu objetivo é ser o mais transparente possível em todos os quesitos que envolvem essa relação é de suma importância que o paciente tenha conhecimento de todos os seus direitos e deveres.

Abaixo, você pode consultar o Manual de Direitos do Paciente Relacionados à Área da Saúde – Direitos do Paciente e Familiares, Ética da Organização e Educação. Visa esclarecer as principais dúvidas que podem surgir durante a estadia das pessoas internadas no hospital e seus respectivos acompanhantes.

Direitos do Paciente

1 – Saber o nome, a categoria profissional, a especialidade, a função e o cargo de quem lhe está prestando assistência;

2 – Ter informações claras, objetivas e compreensíveis sobre as ações diagnósticas, terapêuticas, tratamentos propostos, riscos, alternativas de tratamento e prognósticos;

3 – Autorizar um representante legal ou familiar, mediante termo de decisão por antecipação, para ter acesso às suas informações durante o período de tratamento;

4 – Recusar procedimentos e/ou revogar consentimentos anteriores;

5 – Solicitar uma segunda opinião médica;

6 – Confidencialidade e sigilo profissional, desde que não acarrete riscos a terceiros ou à Saúde Pública;

7 – Privacidade;

8 – Não sofrer qualquer espécie de discriminação;

9 – Receber apoio moral, psicológico e religioso quando hospitalizado;

10 – Avaliação, orientação e manejo da dor;

11 – Ter acesso às contas referentes às suas despesas;

12 – Receber resultados dos exames que desejar;

13 – Ter acesso às contas referentes às suas despesas particulares;

14 – Receber proteção e segurança, à medida em que os procedimentos e as instalações possibilitem;

15 – Ter um ambiente de cuidado que favoreça a recuperação, sendo o silêncio respeitado em todos os momentos.

Deveres do Paciente

– Fornecer informações precisas e completas sobre assuntos relacionados à sua saúde;

– Seguir as instruções fornecidas pelos profissionais responsáveis pelo seu tratamento;

– Responsabilizar-se quando da recusa em receber tratamento ou seguir orientações da equipe assistencial;

4 – Cumprir os regulamentos, respeitar as orientações de silêncio e preservar os recursos do hospital;

– Respeitar os direitos, a saúde física e mental dos demais pacientes e dos profissionais do hospital;

– Não fumar em nenhum local dentro do hospital.