Cirurgia Refrativa

Os pacientes que procuram a cirurgia refrativa, geralmente têm muitas dúvidas. Separamos algumas perguntas frequentes,
para esclarecer pontos importantes e ajudar na hora da tomada de decisão.

Sobre o Procedimento

A cirurgia refrativa é indicada para pessoas com mais de 18 anos, que apresentem as condições de miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia, que desejam não mais depender dos óculos e que apresentem exames oftalmológicos compatíveis com a cirurgia.
O procedimento pode ser realizado de várias maneiras:

• PRK (Ceratectomia Fotorrefrativa): O Laser é aplicado diretamente na superfície da córnea. Em comparação, o PRK é um procedimento que oferece recuperação mais lenta que o Lasik.

• Lasik (Laser Assisted In Situ Keratomileusis): Cria-se um flap na camada mais externa da córnea, apenas depois disso o laser é aplicado na camada mais interna.

• Laser de Femtosegundo: É o Lasik, onde não utiliza lâmina para criação do flap corneano.Nesse aparelho utiliza-se o Laser para fazer o Flap o que torna o procedimento mais seguro e previsível.

• Smile: Nesse procedimento é retirado uma lentícula das camadas internas da córnea.

• Cirurgia Refrativa Personalizada: é uma tecnologia considerada nova, que permite tratamento mais preciso e personalizado para cada olho. Esse procedimento lapida a córnea, melhorando até as mais pequenas imperfeições na superfície da córnea.

Durante todos esses procedimentos não há ocorrência de dor, apenas no pós-operatório e dependendo da técnica utilizada, o paciente poderá apresentar desconforto por alguns dias.

Esses procedimentos duram em média 10 minutos por olho e os pacientes podem retornar a maioria de suas atividades na primeira semana após a operação.
Antes de mais nada é necessário que o paciente tenha convicção que realmente quer fazer a cirurgia. Além disso alguns pré-requisitos são necessários: Ser maior de idade, ter miopia, hipermetropia ou astigmatismo estáveis no último ano e ausência de outras doenças oculares.
A cirurgia refrativa, é feita com anestesia local (colírio/gel anestésico) e é muito bem tolerada, algum desconforto, e sensação de areia podem ocorrer após a cirurgia, e costuma durar de 5 – 7 dias. O médico irá lhe prescrever colírios e em alguns casos uma lente de contato especial, que ajudarão a controlar esse desconforto.
Sim. É possível corrigir as duas ametropias em um único procedimento.
Não. Apesar de todo o avanço tecnológico sempre priorizamos a segurança da cirurgia, o tempo de cicatrização gira em torno de 1 semana, mas pode variar a cada paciente
A cirurgia refrativa, quando realizada com laser demora em média 15 minutos, contanto o tempo pré e pós operatório, de preparação, assepsia e antissepsia o tempo total gira em torno de 1 hora.
Normalmente em 7 dias o paciente já se sente apto para retomar suas atividades. Porém recomenda-se que durante 30 dias sejam suspensas atividades como corrida, banho de mar ou piscina e atividades físicas intensas.
É raro voltar o grau após a cirurgia. Porém pode acontecer nos casos de graus mais altos, ou em casos de presbiopia (vista cansada, geralmente a partir dos 40 anos).
Sim. Pacientes que estão em períodos de transição, como gestantes ou diabéticos descontrolados, ou que não tenham seus erros refrativos (grau dos óculos) estabilizados por pelo menos 1 ano não devem realizar a cirurgia.

Todas as descrições acima têm apenas caráter informativo. Tire suas dúvidas com um de nossos especialistas. Agende uma consulta. Cuide dos seus olhos!

Não encontrou a resposta?